O AMOR, A VOZ E O VIOLÃO: DA RENASCENÇA À BOSSA NOVA

Amor, A Voz e O Violão: da Renascença à Bossa Nova é um recital erudito acústico de voz e violão com inserções poéticas, tendo como tema central o amor e o imaginário que subjaz a esse sentimento: entusiasmo, expectativa, vergonha, saudade, desespero, entre outros tantos dramas da paixão. Com duração aproximada de 1h, o espetáculo apresenta obras cuidadosamente selecionadas pelo seu valor poético, em consonância com as características musicais, o que revela uma cumplicidade entre voz e violão para cantar as coisas do amor. Música e poesia. O grande paralelo da canção.

Da Renascença à Bossa Nova, o Duo Abreu&Spinelli visita diferentes períodos e estilos musicais, criando uma ponte entre as composições camerísticas européias, com Luys de Narvaez, John Dowland, Manuel De Falla e Garcia Lorca, e a recriação do erudito brasileiro, com obras selecionadas de Villa-lobos e Tom Jobim, representantes da sofisticação da música de câmara nacional.

Também são destacados os poetas portugueses Luís de Camões e Florbela Spanca para representar as palavras de amor em língua portuguesa.